"(DES) CUBISMO CONTORNISMO"

- Rompendo com os padrões estéticos que primam pela perfeição das formas na busca da imagem realista, na minha forma de fazer arte, a que chamo de (Des) Cubismo Contornismo, busco a desestruturação da obra em todos os seus elementos. Decompondo a obra em partes, através de figuras mutantes imaginárias, registo os elementos em planos sucessivos numa visão total da figura, representando os objetos com todas as suas partes num mesmo plano, examinando em todos os ângulos, contornando-a nas suas dimensões, numa superfície plana, sob estranhas e variadas formas com o predomínio de linhas curvas e retas, numa estruturação das figuras e dos objetos desajustados, movimentando-os em torno de si próprios através da sua fragmentação, dando abertura e apresentando todos os seus lados num plano frontal em relação ao espectador.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Inauguração Mutes






























Sem comentários:

Enviar um comentário